Volta à relação de Autores

Maria de Lourdes
 Agrela

  
 Maria de Lourdes Agrela 

Natural do Funchal, Ilha da Madeira, emigrou com a família para o Brasil em 1957. Sempre cultivou o hábito de fazer trovas e em 1993 publicou Trovas Populares Madeirenses, uma recolha da memória das trovas que permaneceram guardadas de sua infância e juventude, além das suas próprias. Até falecer, em junho de 2002, aos 77 anos, manteve  o hábito de oferecer trovas às pessoas que amava.

"Dona de uma memória privilegiada, Maria de Lourdes armazenou, ao longo da vida, centenas de trovas que ia, vez ou outra, recitando para a família. Aqui misturam-se as trovas de autores anônimos, com outras de autoria da própria compiladora. Trata-se, enfim, de uma recolha da memória da nossa mais legítima tradição trovadoresca."

Trovas Populares Madeirenses

Alpharrabio Edições
11,5 x 21 cm, 24 pp. 
(poesia)

Como Comprar

Índice | Livraria Editora Biografias | Atividades Culturais