Volta ao índice inicial

 

A L P H A R R A B I O  – 1 9 A N O S

 

05 de agosto (sexta-feira) 19 horas


No dia 5 de agosto - 19 horas 

Eliana Mota - Cerâmica como Poética

 

 

Eliana Mota é andreense e escolheu a cerâmica para fazer fluir sua poética.

Em sua primeira individual na cidade natal traz esculturas onde o respeito e admiração pelos processos clássicos conversam com a busca de novas possibilidades, fazendo da cerâmica um meio para seus questionamentos de mulher madura e que está se recriando.

 

É uma troca. A argila aguarda pacientemente a artista modelar espinho por espinho de cada peça e ela também a aguarda estar seca o suficiente para a queima. Tudo na cerâmica – e na vida – tem um grau de incerteza, por mais que você domine o que faz. Esta é a aventura de Eliana.

 

Criz Suzuki

 

Visitação:  
06 de agosto a 03 de setembro, seg a sex- 13h às 19h | sáb - 9h30 às 13h

Entrada Franca 

 

6 de agosto (sábado) 10h30


LIVRARIA ALPHARRABIO - SANTO ANDRÉ

Lançamento do livro

 Alquimia do Sabor - caderno de receitas piauienses

de Senhorinha Veras

Livraria Alpharrabio - Santo André
6 de agosto (sábado) - 10h30


Alquimia do Sabor - caderno de receitas piauienses
Senhorinha Veras
Alpharrabio Edições
2011, 144 pgs. formato 19 x 14
desenhos de Constança Lucas

09 de agosto (terça-feira) 16h

PIAUÍ SAMPA - SHOPPING ELDORADO

Lançamento do livro

 Alquimia do Sabor - caderno de receitas piauienses

de Senhorinha Veras

9 de agosto (terça-feira) - 16h

Shopping Eldorado - São Paulo
Av. Rebouças, 3970
Pç. de Eventos do 1º Piso
São Paulo/SP

 


 Alquimia do Sabor - caderno de receitas piauienses
Senhorinha Veras
Alpharrabio Edições
2011, 144 pgs. formato 19 x 14
desenhos de Constança Lucas

 

 

13 de agosto  (sábado) 11h

 

CONVERSA DE LIVRARIA

No dia 13 de agosto - (sábado) 11h

José de Souza Martins
convida para  apresentação,  lançamento e leitura pública de trechos do livro  Uma Arqueologia da Memória Social (Autobiografia de um Moleque de Fábrica),
Ateliê Editorial, São Paulo, 2011.

Na ocasião, será lançado, também, o livro

A Política do Brasil Lúmpen e Místico
(Contexto, São Paulo, 2011)

 


Arqueologia da Memória Social, Uma – Autobiografia de um Moleque de Fábrica
José de Souza Martins

Este livro mostra uma trajetória pessoal de adversidades e superações, expondo o Brasil pela margem de dentro de seus dilemas, dias de blecaute e racionamento da Segunda Guerra Mundial, a morte de Getúlio Vargas, a greve dos 400 mil, em 1957, a violência doméstica resultante do embate entre a ordem rústica que se desagregava e o urbano anômico que se impunha. Com seu olhar microscópico e cotidiano, José de Souza Martins conta sua infância e adolescência, na roça e na fábrica, traçando o retrato de uma era decisiva no advento da modernidade no Brasil: a era Vargas. Sua história é um convite à iniciação nas ciências humanas. Um jeito diferente de conhecer o que elas têm a dizer sobre o homem comum sem desconhecer-lhe o imaginário que dá sentido às incertezas do viver sem rumo.

Medidas: 15,5 x 22,5 cm
Páginas:
464
Edição:

Ano:
2011
Ateliê Editorial
Acabamento:
Brochura
Assunto:
Sociologia e Sociedade, Ilustrado, Biografia

 

 

 

A Política do Brasil Lúmpen e Místico
José de Souza Martins,
Editora Contexto, São Paulo, 2011

Uma anomalia política marca a sociedade brasileira da época contemporânea. Atualiza e reproduz uma dinâmica característica do Brasil, cujo destino o escravismo e o latifúndio balizaram no capitalismo peculiar que herdamos e seus desdobramentos na política, na sociedade e na cultura até os dias de hoje. Nossa duradoura anomia criou um campo de decisões e ações de uma práxis invertida em que os contrários cumprem funções historicamente opostas às que lhes são próprias. De um lado nas funções socialmente progressistas e transformadoras das pastorais sociais da Igreja Católica, que consubstancia a grande tradição do pensamento conservador. De outro, grupos e partidos doutrinariamente progressistas dedicam-se às funções políticas conservadoras e reprodutivas. Nosso conformismo mal disfarçado ganha sentido nessas inversões. Neste livro, o autor interpreta esse poder dos opostos na determinação de nossa história lenta.

O surgimento de novos sujeitos políticos durante o regime autoritário, e a plenitude de sua expressão no regime atual, modificou o cenário político do Brasil, alterou o jogo do poder e redefiniu o protagonismo dos antigos grupos e partidos. O Brasil lúmpen e místico, secularmente confinado, reprimido, silenciado e desacreditado, emergiu nos interstícios do cerceamento partidário durante a ditadura e ganhou vida própria após a cessação do autoritarismo. Por meio dele as estruturas políticas profundas da sociedade brasileira redefiniram o sentido da política, as funções dos partidos e o alcance da democracia. O autor retoma neste livro a tradição esquecida da interpretação do Brasil político nas suas anomalias constitutivas, que o fazem discrepante dos modelos relativos às sociedades de clássica referência das análises políticas.

 

 O autor

José de Souza Martins é sociólogo pela Faculdade de Filosofia da Universidade de São Paulo, onde fez sua carreira até se tornar Professor Titular de Sociologia. Em 2008, foi feito Professor Emérito. Foi Professor Visitante da Universidade da Flórida e da Universidade de Lisboa. Professor da Cátedra Simón Bolivar, da Universidade de Cambridge (1993-94), e fellow de Trinity Hall.
 

 

 

20 de agosto (sábado) 10h30 às 13h

 

Conversa de livraria com Deise de Oliveira da Silva, seguida de lançamento e autógrafos do livro A Construção do Projeto Político Pedagógico numa Perspectiva Democrática - Uma experiência na rede municipal de ensino em Santo André

(Paco editorial, Jundiaí, SP, 2011).


Deise de Oliveira Silva
é pedagoga e mestre em Educação na área de Gestão de Políticas em Educação, pela Universidade Metodista de São Paulo. É professora da rede municipal de ensino do município de Santo André, SP e foi nesta mesma rede diretora de escola e coordenadora de serviço educacional, onde atuou na formação de professores e gestores e participou junto à equie da secretaria de Educação na gestão de políticas para a educação do município. Atua como professora no ensino superior no curso de pedagogia, nas áreas de Currículo e Conhecimento Escolar, Processos Pedagógicos e Avaliação e Didática. 
 

 


 

27 de agosto (sábado) 11h


Construindo Leitores 
com  Carlos Sereno e
Ricardo Soares

em  Histórias para divertir

(contação de história – de memória, lidas e 
interativas - atividade com colagem)


Carlos Sereno: Professor de Artes Cênicas e Educação Artística formado pelas Faculdades Integradas Teresa D’Ávila. Ministra cursos diversos sobre a  Arte de Contar Histórias, Contador de Histórias no Hospital Municipal de Santo André através da Associação Viva e Deixe Viver.


Construindo Leitores – Trata-se de uma atividade iniciada em 2009, idealizada por Penélope Martins, poeta, Suca Moraes e Cristina Suzuki, artistas visuais que visa a valorização do livro e a formação de leitores. O evento é aberto ao público interessado. Construindo Leitores é um projeto mensal.

vídeos: construindo leitores 01

construindo leitores 02


29 de agosto (segunda-feira) 19h 

 

Reunião do Fórum Permanente de Debates Culturais do Grande ABC, O Fórum é composto por um grupo de pessoas interessadas em criar um processo participativo e crítico das políticas públicas da cultura e da ação cultural na região do Grande ABC, bem como integrar ações regionais. Esse grupo vem se reunindo nas dependências da Livraria Alpharrabio, desde novembro de 2007.

 


Apoio: www.bartiragraf.com.br
Tel.: (11) 4393.2911



 horário de funcionamento

de segunda/sexta, das 13 às 19h

sábado, das 9h30 às 13h

 

ATENÇÃO

Nosso endereço:
 Rua Eduardo Monteiro, 151 - Jd. Bela Vista
Santo André - SP - Brasil

Fone: (11) 4438.4358 - e-mail: alpharrabio@alpharrabio.com.br

www.alpharrabio.com.br

 

Visite a Livraria e o Café Alpharrabio

Índice | Livraria | Editora | Centro Cultural | Abecês | Mapa do Site | Envie o seu comentário