Volta ao índice inicial

Programação cultural
Lançamentos de Livros-Exposições
Música-Teatro- Conversas na Livraria
Leituras de Poesia

DEZEmBRO/2007

15 anos

 
 3 de dezembro (segunda)- 18h

 

 

 

Lançamento do novo título da Alpharrabio Edições, Anomalia (poemas), de Hélio Neri, autor de quem a Alpharrabio já editou as plaquetes Avulsos (2002), Sombra das Coisas (2003) Registro (2005 e Febre (2006).

 

 Anomalia [Alpharrabio Edições, 52p. 2007]

 

 

"Hélio trabalha com a mesma matéria-prima dos rappers (a vida na periferia, as várias faces da miséria, os desencantos de uma geração desempregada, enfim, a proximidade com a parte da sociedade mais drasticamente atingida pelo “modelo” vigente), mas não escreve nada parecido com rap. Não se acham na sua poesia a prolixidade tampouco a crítica escancarada que caracterizam, em grande parte, as letras de rap. É possível dizer, de certo modo, que Hélio é um rapper tímido: ao palco, Hélio prefere a folha; aos imensos amplificadores, prefere o acompanhamento tenso do silêncio na página branca; ao show superlotado, a audiência solitária do leitor; ao grito, a palavra medida; às grandes descrições, o apontamento preciso. Uma anomalia, não?

      Nem tanto. Com ouvidos atentos, passando pelas páginas em que Hélio Neri inscreveu sua forma de ver o mundo (entrecortada e instável como a de alguém que olha a cidade de dentro do ônibus, enquanto incontáveis vozes cruzam seus ouvidos e os buracos das ruas ditam o ritmo da viagem), logo nos assalta a música de uma poesia vigorosa, que esconde em suas linhas curtas uma constatação incômoda: nós, seus leitores tanto quanto aqueles que nunca lerão Anomalia, somos os escombros de onde o poeta mais sofre para impedir que a poesia desapareça.

 

Tarso de Melo, no Prefácio do livro

 

 Volta ao topo

8 de dezembro (sábado) - 17h

Lançamento

 


Lançamento do livro 

Tessitura (poemas), 

de Luzia Machado Noronha

 

[Alpharrabio Edições, 80p, 2007] 


Luzia Machado Ribeiro de Noronha nasceu em São José do Rio Pardo, Estado de São Paulo.

Doutora em Semiótica da Literatura pela PUC-SP, leciona Língua Portuguesa e Comunicação e Expressão na Fafil – Centro Universitário Fundação Santo André.

Possui as seguintes publicações: Iconicidades, poemas, Ed. Plêiade (1998); Entreretratos de Florbela Espanca: uma leitura biografemática, Annablume: Fapesp (2001); Entretextos, ensaios (participação), Antiqua (2004).


 Volta ao topo

20 de dezembro (quinta) - 19h

 

 

 

 

Lançamento do livro 

Lugar Algum com uma teoria da poesia 

de Tarso de Melo 

 

[alpharrabio edições, 120p. 2007]

Tarso de Melo nasceu em Santo André (SP) em 1976 e mora em São Bernardo do Campo. É autor de A lapso (1999), Carbono (2002) e Planos de fuga 2005), advogado e mestre em Filosofia do Direito pela USP.

[Lugar algum foi escrito durante 2005

com o apoio da Bolsa Vitae de Artes.]

 

 

LUGAR ALGUM: com uma teoria da poesia

Tarso de Melo (Alpharrabio Edições, 2007)

 

Quando o poeta Tarso de Melo apresentou o projeto do livro de poemas Lugar algum à Bolsa Vitae de Artes, em 2004, comprometia-se, em suas palavras, ao seguinte:

 

“O livro deve ser longo, atingindo cerca de 80 poemas, pois está idealizado para que todos os poemas dialoguem entre si e perfaçam um único quadro, ou mapa, detalhado o bastante para constituir uma espécie de expedição fotográfica em cujo resultado o leitor possa encontrar traços das cidades e de seus habitantes na urbanização avançada e degradada.ma espécie de expedição fotográfica em cujo resultado o leitor possa encontrar traços das cidades e de seus habitantes na urbanização avançada e degradada.

O procedimento comum é o de eleger pontos das cidades – uma rua, uma praça, um parque – e escrever sobre e a partir deles, buscando trazer para o espaço do poema os diversos conflitos da realidade: entre local e universal, entre público e privado, entre o que há de mais enraizado e o que há de mais fugaz na sua constante transformação”.

 

É exatamente este livro que a Alpharrabio Edições apresenta agora aos leitores: um livro em que as cidades da Grande São Paulo são apresentadas por meio de uma visão que o crítico Manuel da Costa Pinto chamou de “topografia negativa”, ao interpretar outras obras do autor. São justamente os 80 poemas escritos durante o ano de 2005, enquanto o autor recebeu a citada Bolsa, e que permaneciam inéditos em livro. Além de Lugar algum, o volume traz ainda uma “teoria da poesia”:

 

é pouco o que as poças dizem

sobre a chuva, é mínima a memória

que os mapas guardam do mundo

 

o suor na camisa, na calça, nas meias,

tudo trai a violenta passagem do sol

 

Tarso de Melo nasceu em Santo André (SP) em 1976, e reside em São Bernardo do Campo. Lançou anteriormente os livros de poesia A lapso (Alpharrabio, 1999), Carbono (Alpharrabio/Nankin, 2002) e Planos de fuga (Cosac Naify, 2005), além de diversos trabalhos publicados em revistas e antologias no Brasil e no exterior. Editou as revistas Monturo e Cacto, esta com Eduardo Sterzi. Atualmente, integra o comitê editorial do jornal de crítica K . Coordenou por três anos o “Observatório do poema”, grupo de leitura de poesia contemporânea que se reunia na Livraria Alpharrabio, em Santo André. Recentemente, coordenou e lecionou no ciclo “Tantas Letras!”, com cursos de poesia, prosa e crítica literária, promovido pela Prefeitura Municipal de São Bernardo do Campo. É advogado, formado pela Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo, e mestre em Filosofia do Direito pela Universidade de São Paulo.

 

Livro

Lugar algum: com uma teoria da poesia

Alpharrabio Edições (120 p., R$ 15,00)

 

Lançamento

 

em Santo André: Livraria Alpharrabio

dia 20 de dezembro, quinta, às 19h

Rua Eduardo Monteiro, 151, Bela Vista - 4438.4358

 Volta ao topo

 

O Alpharrabio (a livraria e o café)
 funciona no seguinte horário:

segunda/sexta, das 13 às 19h

sábado, das 9h30 às 13h

ATENÇÃO

Nosso endereço:
 Rua Eduardo Monteiro, 151 - Jd. Bela Vista
Santo André - SP - Brasil

Fone: (11) 4438.4358 - e-mail: alpharrabio@alpharrabio.com.br

www.alpharrabio.com.br

 

Visite a Livraria e o Café Alpharrabio

Índice | Livraria | Editora | Centro Cultural | Abecês | Mapa do Site | Envie o seu comentário