Volta ao índice inicial
 

Programação cultural

 

Programação de Aniversário

Fevereiro 2008

21 de fevereiro (quinta-feira) 18h30

 

Em comemoração aos seus 16 anos a Livraria Alpharrabio começa a festa no dia 21 de fevereiro (quinta-feira) de 2008 às 18h30 com a exposição Poetas Portugueses e Brasileiros (16 Poetas + Pessoa + Drummond) desenhos de Constança Lucas.

 

 

POETAS PORTUGUESES E BRASILEIROS

desenhos de Constança Lucas

"Com estes retratos revisitei alguns dos poetas cujos poemas me tocam profundamente. Tenho em mim a descoberta de cada um deles, pelas suas palavras, pelas vivências singulares na construção do meu mundo, pela partilha das contradições, pelos encontros e acordos entre as pequenas e grandes coisas do dia a dia. No entrar em mim mesma e perder-me infinitamente, no saber-me solitária e solidária. Da aproximação, da empatia poética nasceram estes desenhos." Constança Lucas 2008

 

Leitura de poemas com os poetas convidados: 

Carlos Lotto, Cláudio Feldman,  Dalila Teles Veras,
Deise Assumpção, Júlio Mendonça, Jurema Barreto de Souza, Milton Andrade, Tarso de Melo, Wagner Calmon e 
Zhô Bertholini

 

Constança Maria Lima de Almeida Lucas, nasceu em Coimbra, Portugal, em 1960.

Vive e trabalha em São Paulo, Brasil. Artista visual, ilustradora e poeta. Licenciada em Artes Plásticas pela FAAP e Mestre em Poéticas Visuais pela ECA – USP. Participa de exposições desde 1982.

http://constancalucas.blogspot.com/ - http://www.constanca.lucas.nom.br/

Serviço:

Poetas Portugueses e Brasileiros 

(16 Poetas + Pessoa + Drummond) 

desenhos de Constança Lucas

Abertura às 18h30 do dia 21 de fevereiro (quinta-feira) de 2008.

(desenhos digitais - formato: 18 cm x 14,5 cm impressão a jato de tinta sobre papel fabriano - São Paulo / 2008)

 

 

Visitação da exposição:

segunda a sexta-feira, 13/19h,

sábado 9h30/13h

de 21 de fevereiro até dia 29 de março de 2008

 


 

23 de fevereiro(sábado) - 10h30

por que ler poesia

 

POR QUE LER POESIA com Tarso de melo

"Há uma espécie de temor reverencial geral em relação à poesia, como em relação a tudo o que não compreendemos bem". A frase do poeta português Manuel António Pina fornece todas as constatações e inquietações necessárias para a conversa que dará início à programação do Alpharrabio em 2008. A partir dela, nosso convidado – o poeta Tarso de Melo – tentará levantar hipóteses para questões que se desdobram infinitamente: há, de fato, um temor reverencial ou a poesia não goza mais de tanto respeito assim e simplesmente não interessa? Se ainda goza, a que se deve? Por que a poesia foi parar entre as coisas "que não compreendemos bem"? Enfim, a conversa promete ser longa e animada. Responder à principal questão – por que ler poesia? – não é algo que interesse apenas a poetas e leitores de poesia, mas a todos que querem enxergar o mundo de modo mais profundo, mais rico, porque – e aqui já vai uma provocação dentro de uma metáfora – a poesia levanta véus que os ventos das outras formas de conhecimento não podem levantar. Mas, então, alguém pode perguntar: "peraí, mas a poesia é uma forma de conhecimento?"

Tarso de Melo é poeta, autor de A lapso (1999), Carbono (2002), Planos de fuga (2005), Lugar algum (2007) e Exames de rotina (a sair). É também advogado, mestre e doutorando em Filosofia do Direito pela USP.


 

27 de fevereiro (quarta-feira) - 15h

Cineclube - França

 

 

Paris Adormecida

França, 1923, Rener Clair, 34 min.

"Um sábio louco imobiliza Paris por meio de um raio diabólico, deixando todos os parisienses mergulhados num sono letárgico. Apenas um grupo de jovens, refugiados no alto da Torre Eiffel, escaparam do sinistro plano. Primeiro filme do cineasta mais francês dos franceses - René Clair. Com ironia e poesia, Clair registrou Paris como nenhum outro conseguiu fazer"

 

Atenção: O cineclube Alpharrabio coordenado pelo prof. Edmundo Epífanio Dias não é uma sala de cinema, trata-se de reuniões de apreciadores da 7ª arte nas quais nossos convidados são estimulados a ver, debater e refletir sobre o cinema. 

entrada franca


 

Março 2008

08 de Março (sábado ) - 10h30

Cineclube – especial - poesia

 

O Poeta é um Ente que Lambe as Palavras 

e se Alucina

Roteiro e direção de Arlindo Fernandez, 55min, 2004

 

"vencedor da primeira edição do DocTV. O documentário gravado nas cidades de Corumbá, Campo Grande e Rio de Janeiro, traça a trajetória da vida e obra do poeta Manoel de Barros num exercício compartilhado entre o documentarista e o próprio poeta. Roteiro e direção de Arlindo Fernandez." (www.overmundo.com.br)

 

Atenção: O cineclube Alpharrabio coordenado pelo prof. Edmundo Epífanio Dias não é uma sala de cinema, trata-se de reuniões de apreciadores da 7ª arte nas quais nossos convidados são estimulados a ver, debater e refletir sobre o cinema. 

entrada franca


 

26 de março (quarta-feira) 15h

Cineclube - Grécia

 

O TEMPERO DA VIDA

Direção e roteiro: Tassos Boulmetis

2003, Grécia

“Fanis (Markos Osse) é um garoto grego que vive em Istambul, na Turquia. Seu avô, Vassilis (Tassos Bandis), é um filósofo culinário que o ensina que tanto a comida quanto a vida precisam de um pouco de sal para ganhar sabor. Ao crescer Fanis (Georges Corraface) se torna um astrofísico, que usa seus dotes de culinária para temperar as vidas das pessoas que o cercam. Ao completar 35 anos ele decide deixar Atenas e retornar a Istambul, para reencontrar seu avô e também seu primeiro amor.” http://www.adorocinema.com/filmes/tempero-da-vida/tempero-da-vida.asp

 

Atenção: O cineclube Alpharrabio coordenado pelo prof. Edmundo Epífanio Dias não é uma sala de cinema, trata-se de reuniões de apreciadores da 7ª arte nas quais nossos convidados são estimulados a ver, debater e refletir sobre o cinema. 

entrada franca


 

29 de março (sábado) 10h30 

IDÉIAS DE ENCONTRO

Idéias de Encontro é um ciclo de discussões filosóficas que existe desde agosto de 2003 e que nos últimos dois anos conta com a parceria da Faculdade Editora Nacional (FAENAC)

 

GRAMSCI: A EDUCAÇÃO COMO HEGEMONIA

Convidada: Prof.ª Dr.ª Carmen Sylvia Vidigal Moraes 

possui graduação em Psicologia [Licenciatura e Bacharelado] pela USP (1973) , mestrado em Educação pela USP (1978) , doutorado em Sociologia pela USP (1990) , pos-doutorado pela Université Paris 1 (Panthéon-Sorbonne) (2004) , pos-doutorado pela Centre National de la Recherche Scientifique (1994) , pos-doutorado pela Groupe D'études Sur La Division Sociale Et Sexuelle Du Travail (1994) , pos-doutorado pela Genre Et Les Rapports Sociaux (2004) e pos-doutorado pela Laboratoire Travail Et Mobilités (2004) . Atualmente é Professor Associado, ref. MS-5 da Universidade de São Paulo.

Entrada Franca

Atenção: Todas as atividades têm entrada franca

 horário de funcionamento

de segunda/sexta, das 13 às 19h

sábado, das 9h30 às 13h

 

ATENÇÃO

Nosso endereço:
 Rua Eduardo Monteiro, 151 - Jd. Bela Vista
Santo André - SP - Brasil

Fone: (11) 4438.4358 - e-mail: alpharrabio@alpharrabio.com.br

www.alpharrabio.com.br

 

Visite a Livraria e o Café Alpharrabio

Índice | Livraria | Editora | Centro Cultural | Abecês | Mapa do Site | Envie o seu comentário