Volta ao índice inicial

JULHO / 2005

 

 

6 de julho - (quarta-feira) das 15 às 17,30h

13, 20 e 27 de julho

CINECLUBE

 

Atividade do Cineclube Alpharrabio – Cinéfilos, coordenados pelo prof. Edmundo Epifanio, conversam sobre os mais variados aspectos do cinema. O grupo está em formação e aceita participação de interessados.

 

 
 
 

http://edepdiaz.blog.uol.com.br

Volta ao topo

8 de julho - sexta - 18:30 horas

(lançamento)

PLANOS DE FUGA

Tarso de Melo

 

Planos de fuga

Tarso de Melo

Editora: Cosac & Naify
ISBN: 8575034367
Ano: 2005
Edição: 1
Número de páginas: 74
Coleção: ÁS DE COLETE

Tarso de Melo nasceu em Santo André (SP), em 1976, e reside em São Bernardo do Campo. Advogado, graduado pela Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo, cursa mestrado em Filosofia e Teoria Geral do Direito na Universidade de São Paulo. Foi editor da revista Monturo; com Eduardo Sterzi, edita a revista Cacto. Coordena o núcleo de leitura de poesia Observatório do Poema, na livraria Alpharrabio, em Santo André. Atualmente, recebe uma Bolsa Vitae de Artes (2005) para a redação do livro de poemas Lugar algum

http://www.alpharrabio.com.br/AutorTarsodeMelo.htm

Volta ao topo

16 de julho - Sábado - 10 horas

 

OBSERVATÓRIO DO POEMA

leituras de texto/contexto contemporâneoo

 

  Observatório do poema [XIV]

Coordenação : Tarso de Melo

 

Décimo quarto encontro do grupo aberto de leitura , que se reúne mensalmente no Alpharrabio para discutir , a partir de um texto crítico ou teórico escolhido previamente, questões importantes para a compreensão da poesia contemporânea em geral . O ensaio em que se concentrará a discussão , desta vez , é “O texto poético na mudança de horizonte da leitura ”, de Hans Robert Jauss ( em Teoria da literatura em suas fontes , 3.ª ed., v. 2, pp. 873-925, RJ: Civilização Brasileira , 2002), que retoma, dentro do contexto específico das discussões teóricas da estética da recepção e debruçando-se sobre a poesia de Baudelaire, pontos fundamentais da interpretação literária ( que tivemos ocasião de discutir no encontro que tomou por referência o ensaio de Luiz Costa Lima sobre hermenêutica ).

Junto às questões colocadas por Jauss, o outro tema a ser discutido é o uso de formas fixas ( em especial a do soneto ) em poetas modernos / contemporâneos brasileiros : Carlos Drummond de Andrade, Vinicius de Moraes ( cuja morte completa 25 anos em 9 de julho deste ano ), Nelson Ascher e Paulo Henriques Britto. A sugestão desses nomes se justifica pelo fato de constituírem um leque bastante amplo e heterodoxo dos usos da forma clássica ( em momentos culturais com características diversas), que permitirão observar alguns aspectos centrais da relação entre a poesia contemporânea e a tradição modernista, bem como da relação desta com um possível eixo ” da poesia universal .

Por fim , recomendo ainda a leitura da entrevista concedida por Paulo Henriques Britto no número 4 da revista Cacto , em que são consideradas diversas questões relativas à concepção poética do autor de Macau (2003). Boas leituras , abraço ,

  Tarso .

  Para saber como adquirir o livro Teoria da literatura em suas fontes , que reúne os ensaios que serão debatidos nos próximos encontros , entre em contato com a livraria por telefone [4438.4358] ou email [alpharrabio@alpharrabio. com .br]. É importante ressaltar que a participação é livre e independente da leitura prévia dos textos selecionados , pois as discussões não devem ser presas à letra do ensaio , mas apenas partir de suas idéias para tentar compreender questões que interessem a todo leitor de poesia .

Volta ao topo

 
21 de julho - quinta - 17 horas

Revivescências”

 

Uma conversa com o professor, jornalista e memorialista  Valdenizio Petrolli dá prosseguimento ao ciclo iniciado em março.

Ciclo, do qual participam artistas, escritores e moradores antigos da região como depoentes, tem por finalidade registrar vivências e aspectos da cidade pela ótica de seus moradores. Uma cartografia da memória que deverá ser gravada e posteriormente publicada em cadernos. 

 


Valdenizio Petrolli, é Professor, Jornalista, Advogado. Mestre em Metodologia da Comunicação com a dissertação A História da Imprensa no ABC Paulista e Doutor em Teoria e Ensino da Comunicação com a tese Diário do Grande ABC: a construção de um jornal regional, sócio da Intercom - Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplionares da Comunicação e IAMCR - International Association for Media and Communication Research.; é membro do Gipem - Grupo Independente de Pesquisadortes da memória do Grande ABC, Conselheiro da Fundação Pró-Memória de São Caetano do Sul e Conselho Municipal de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Arquitetônico-Urbanístico e Paisagístico de Santo André; além de membro da Federação Nacional dos Advogados e da Abrajof - Associação Brasileira de Jornalistas Filatélicos.

Volta ao topo

 

O Alpharrabio (a livraria e o café)
 funciona no seguinte horário:

segunda/sexta, das 13 às 19h

sábado, das 9h30 às 13h

 

ATENÇÃO

Nosso endereço:
 Rua Eduardo Monteiro, 151 - Jd. Bela Vista
Santo André - SP - Brasil

Fone: (11) 4438.4358 - e-mail: alpharrabio@alpharrabio.com.br

www.alpharrabio.com.br

 

Visite a Livraria e o Café Alpharrabio

Índice | Livraria | Editora | Centro Cultural | Abecês | Mapa do Site | Envie o seu comentário