Volta ao índice inicial

 

PROGRAMAÇÃO - 19 anos

março 2011
 

até 26 de março - Exposição

14 de março - lançamento e vídeo

28 de março  -  segunda - 19h - fórum

 

até 26 de março

 

ALPHARRABIO – 19 ANOS

 

 

Abertura da exposição
"
Ano/ta/ção pa/ra ser lem/brado"
João Suzuki

 

A Livraria Alpharrabio, Editora e Centro Cultural sediada em Santo André, celebrou, no mês de fevereiro de 2011, seus 19 anos.  Para marcar o aniversário, promove a exposição "Ano/ta/ção pa/ra ser lem/brado", desenhos e pinturas de João Suzuki que faria 76 anos também no dia 9 deste mês de fevereiro.

 

Trata-se de uma homenagem póstuma da Alpharrabio ao grande artista, morto em outubro do ano passado. O título da exposição foi retirado de uma de suas obras e remete ao sentido literal da mostra, ou seja, lembrar Suzuki  que, discreta e silenciosamente, residiu na cidade de Santo André por seis décadas e por largos anos também manteve relação forte de amizade e parceria com a Livraria. Em 1995 suas obras ocuparam a 29ª Parede D´Arte da livraria e, em 2007, "Travessia do Sonho", livro sobre sua trajetória artística, de autoria de José Armando Pereira da Silva, foi publicado pela Alpharrabio Edições. As obras que compõem a mostra pertencem à coleção da família e foram cedidas por seu filho Márcio Suzuki.

 

 

 

Sobre o artista:

João Suzuki nasceu em Mirandópolis, SP em 1935. Participou de exposições oficiais em vários estados brasileiros, como Salões de Belo Horizonte, Porto Alegre, Paraná e São Paulo, Bienais de São Paulo, Salão de Arte Contemporânea de São Caetano e de Santo André, tendo sido premiado na maioria deles. Expôs, a convite, no Museu de Arte Contemporânea da USP. sua obras constam no Museu de Arte Contemporânea da USP, Museu de Arte do Paraná, do Museu de Arte de Porto Alegre, Museu de Arte de Belo Horizonte, Royal College of Arts de Londres, Museu de Arte Brasileira da FAAP, Museu de Arte Moderna de São Paulo, Acervo do Salão de Arte de São Caetano , Acervo do Salão de Arte Contemporânea de Santo André, Pinacoteca do Estado de São Paulo, University Arte Collection da University of Texas ate Austin - USA, e em várias coleções particulares no Brasil e Exterior.

 

Sobre a exposição, José Armando Pereira da Silva
escreveu o seguinte
:
 

 "João Suzuki (1935-2010) teve um largo tempo de carreira. Seus primeiros trabalhos têm postura expressionista, quando mostram retratos de retirantes, catadores de papel e outras figuras do território lumpen da capital paulista.

Sua carga passional vai ganhando sutileza na medida em que o modelo fica no horizonte, como motivação, e a expressão plástica adquire autonomia, aproxima-se ou assume a abstração.

A extensa produção de desenhos nos anos 60 – em tinta mágica sobre papel – marca seus passos nessa direção, o desafio para alcançar um virtuosismo dramático e penetrante nesse campo limitado e monocromático.

De figuras deprimidas, esmagadas, distorcidas se desprende seu humanismo romântico que viria a ser confrontado pelos fatos políticos que o atingiram diretamente. O artista mergulha então no estranhamento, emergindo com revelações cujos protótipos escapam do observador.

Mas os sonhos nunca se dissiparam. Com o tempo ganharam acenos menos hostis, mais líricos, espiritualizados, porém sempre com sinais de mistérios não desvendados. Sua preferência por suportes de formato oval agregou à obra a simbologia do nascimento e da renovação. A recorrência de figuras hieráticas, em atitude quase religiosa, induz a planos supra-realistas. Certas figuras lançam olhares inquisitivos, irônicos, ou se fundem num plasma multicolorido. O universo sensível se transforma em universo de beleza."

 

 

 

 

Serviço:

 

Data: até 26.03.2011

Exposição: "Ano/ta/ção pa/ra ser lem/brado", de João Suzuki 

 

Local: Alpharrabio Livraria

Rua Eduardo Monteiro, 151 – Fone 4438-4358, Fax 4992-5225 – Santo André, SP

e-mail: alpharrabio@alpharrabio.com.br

www.alpharrabio.com.br - http://blog.alpharrabio.com.br/


14 de março (segunda-feira) 18h 

 

 

 

Lançamento do Zine Zero Quatro

dos editores Jurema Barreto de Souza e Zhô Bertholini

e CINECLUBE ALPHARRABIO especial

 Exibição de  trechos do filme Palavra Encantada

 

 

Zine combina com cinema, que também combina com leitura, que também combina com poesia...

Fiéis ao espírito das publicações alternativas, os poetas Zhô e Jurema persistem na utopia de imprimir livremente a poesia que apreciam, compartilhando-a generosamente com amigos e apreciadores do gênero.

Neste 14 de março, Dia Nacional da Poesia, em que também se comemora o nascimento do poeta Castro Alves, os "cigarristas" lançam na Livraria Alpharrabio mais um zine e convidam a todos para a celebração.   

 

 

 

sinopse

Palavra (En)Cantada é um documentário de longa-metragem (86min), dirigido por Helena Solberg, que percorre uma viagem na história do cancioneiro brasileiro com um olhar especial para a relação entre poesia e música. Dos poetas provençais ao rap, do carnaval de rua aos poetas do morro, da bossa nova ao tropicalismo, Palavra (En)cantada passeia pela música brasileira até os dias de hoje, costurando depoimentos de grandes nomes da nossa cultura, performances musicais e surpreendente pesquisa de imagens.


O filme conta com a participação de Adriana Calcanhotto, Antônio Cícero, Arnaldo Antunes, BNegão, Chico Buarque, Ferréz, Jorge Mautner, José Celso Martinez Correa, José Miguel Wisnik, Lirinha (Cordel do Fogo Encantado), Lenine, Luiz Tatit, Maria Bethânia, Martinho da Vila, Paulo César Pinheiro, Tom Zé e Zélia Duncan. Imagens de arquivo resgatam momentos sublimes de Dorival Caymmi, Caetano Veloso e Tom Jobim.

A maioria das entrevistas foi realizada na casa dos entrevistados, em atmosfera intimista, com o registro de declamações e canções especialmente para o documentário. Poemas de Fernando Pessoa, João Cabral de Melo Neto, Hilda Hilst e pérolas de nossos grandes compositores conduzem o roteiro do Palavra (En)Cantada. Entre as músicas do filme estão Choro Bandido (Chico Buarque/Edu Lobo), Alegria, Alegria (Caetano Veloso), Alvorada (Cartola), História do Brasil (Lamartine Babo), Inclassificáveis (Arnaldo Antunes), Fábrica do Poema (Adriana Calcanhotto/Waly Salomão), 2001(Tom Zé/Rita Lee) e O Mar (Dorival Caymmi).  

 

Atenção: O cineclube Alpharrabio coordenado pelo prof. Edmundo Epífanio Dias não é uma sala de cinema, trata-se de reuniões de apreciadores da 7ª arte nas quais nossos convidados são estimulados a ver, debater e refletir sobre o cinema. 

entrada franca

28 de março (segunda-feira) 19h 

 

Reunião do Fórum Permanente de Debates Culturais do Grande ABC, O Fórum é composto por um grupo de pessoas interessadas em criar um processo participativo e crítico das políticas públicas da cultura e da ação cultural na região do Grande ABC, bem como integrar ações regionais. Esse grupo vem se reunindo nas dependências da Livraria Alpharrabio, desde novembro de 2007.

 

 

Apoio: www.bartiragraf.com.br
Tel.: (11) 4393.2911



 horário de funcionamento

de segunda/sexta, das 13 às 19h

sábado, das 9h30 às 13h

 

ATENÇÃO

Nosso endereço:
 Rua Eduardo Monteiro, 151 - Jd. Bela Vista
Santo André - SP - Brasil

Fone: (11) 4438.4358 - e-mail: alpharrabio@alpharrabio.com.br

www.alpharrabio.com.br

 

Visite a Livraria e o Café Alpharrabio

Índice | Livraria | Editora | Centro Cultural | Abecês | Mapa do Site | Envie o seu comentário