Volta ao índice inicial

Programação cultural
Lançamentos de Livros-Exposições
Música-Teatro- Conversas na Livraria
Leituras de Poesia

 

OUTUBRO / 2005

 

 03 de outubro  - sábado (lançamento)

05 de outubro - quarta (cineclube)

 07 de outubro  - sexta (lançamento)

 08 de outubro  - sábado (observatório XVII)

15 de outubro - sábado (lançamento)

19 de outubro - quarta (cineclube)

26 de outubro - quarta (cineclube)

29 de outubro  - sábado (literatura)

 

sábados - (oficina de cinema clássico)

sábados - (teatro) 

 

 

 

 

03 de outubro - segunda - 18 h

 

 

 

Lançamento do livro Registro, de Hélio Neri 

 

formato: 14,8 x 21cm, 32 p., 

coleção: talentos emergentes, 

Alpharrabio edições

 

 

 


 

Hélio Neri nasceu em Santo André (SP) em 1973.

Publicou as plaquetes Avulsos (2002) e

Sombra das Coisas (2003).

 

07 de outubro - sexta - 18 h

 

 

 

 

Lançamento do livro Graduado em Marginalidade

de Ademiro Alves (Sacolinha) 

 


 

Ademiro Alves (Sacolinha), nasceu na cidade de São Paulo em 09 de agosto de 1983. Presidente do Centro de Pesquisas e Desenvolvimento Sócio cultural Negro Sim. Coordenador de Literatura na Secretaria Municipal de Cultura de Suzano - SP. Participa da revista Caros amigos "Literatura Marginal" ato III lançada em Maio de 2004. Menção Honrosa em 2003 e 2004 na categoria conto do 1º e 2º concurso "Artez" de literatura. Idealizador e atuante do Projeto Cultural Literatura no Brasil. Sacolinha como é conhecido, é ativista cultural. Dá palestras sobre literatura e questão racial, e desenvolve freqüentemente eventos literários.

 

 

Volta ao topo

08 de outubro - sábado - 10 h

 

Observatório do poema [XVII]

leituras de texto / contexto contemporâneo

  Coordenação : Tarso de Melo 

Décimo sétimo encontro do grupo aberto de leitura , que se reúne mensalmente no Alpharrabio para discutir , a partir de ensaios e poemas escolhidos previamente, questões importantes para a compreensão da poesia contemporânea . O ensaio em que se concentrará a discussão , desta vez , é “A tensão na poesia ”, de Allen Tate ( em Teoria da literatura em suas fontes , 3.ª ed., v. 2, pp. 621-638, RJ: Civilização Brasileira , 2002). Sugiro também a leitura de outro ensaio interessante, recentemente publicado: “ Poesia e matéria ”, em que Marcelo Coelho estuda a poesia de Francis Ponge (in Poetas que pensaram o mundo . Org. Adauto Novais. SP: Cia . das Letras , 2005).

Por fim , os poemas escolhidos neste mês são dos novos livros da carioca Claudia Roquette-Pinto e do paraense Antonio Moura , que podem nos ajudar a direcionar (e a multiplicar ) a discussão das idéias apresentadas nos ensaios . Boas leituras , abraço ,

 

  Tarso .

 

(1) É importante ressaltar que a participação nos encontros do “ Observatório do poema ” é livre e independente da leitura prévia dos textos selecionados , pois as discussões não são exatamente presas à letra do ensaio , mas apenas partem de suas idéias para avançar na compreensão de questões que interessem a todo leitor de poesia .

 

(2) Além do acervo de sebo e de suas próprias edições , a livraria Alpharrabio passa a disponibilizar , mediante encomenda , títulos de diversas editoras de todo o Brasil. Para saber as condições e outros detalhes , entre em contato com a livraria , pessoalmente , por telefone [4438.4358] ou email [alpharrabio@alpharrabio. com .br].

 


 

ANTONIO MOURA

Rio Silêncio [ São Paulo: Lumme, 2004, p. s/n]

 

 

RESIDÊNCIA

 

Ao pisar o jardim da casa

cuidado para não afundar

 

os pés até os tornozelos fincando

fundas raízes no chão , apegado ali ,

 

estátua plantada entre flores ,

não haverá como ir ao mar

 

quando assolado pelo verão ,

nem voltar ao calor do leito

 

se flagelado pelo inverno

Vivemos partindo de uma morada

 

que se ergue em todo lugar com

telhas de nuvem e paredes de vento

 

Não há o que abandonar quando ,

caracol inverso, levamos a casa dentro

 


 

CLAUDIA ROQUETTE-PINTO

Margem de manobra [RJ: Aeroplano , 2005, pp. 11/12]

 

 

SÍTIO

 

O morro está pegando fogo .

O ar incômodo , grosso ,

faz do menor movimento um esforço ,

como andar sob outra atmosfera ,

entre panos úmidos , mudos ,

num caldo sujo de claras em neve .

Os carros , no viaduto ,

engatam sua centopéia :

olhos acesos , suor de diesel ,

ruído motor , desespero surdo .

O sol devia estar se pondo, agora

mas como confirmar sua trajetória

debaixo desta cúpula de ,

este céu invertido?

Olhar o mar não traz nenhum consolo

(se ele é um cachorro imenso , trêmulo ,

vomitando uma espuma de bile ,

e vem acabar de morrer na nossa porta ).

Uma penugem antagonista

deitou nas folhas dos crisântemos

e vai escurecendo, dia-a-dia ,

os olhos das margaridas ,

o coração das rosas .

De madrugada ,

muda na caixa refrigerada,

a carga de agulhas cai queimando,

tímpanos , pálpebras :

O menino brincando na varanda .

Dizem que ele não percebeu.

De que outro modo poderia ainda

ter virado o rosto : “ Pai !

acho que um bicho me mordeu!” assim

que a bala varou sua cabeça ?

Volta ao topo

15 de outubro - sábado - 16h

 

Lançamento do livro

 

A Pequena Ópera do Sentido

de Margarete Schiavinato

 

Prefácio : Milton Andrade

Capa e projeto gráfico : João Alberto Tessarini 

 

Volta ao topo

29 de outubro - sábado - 17h

 

ALPHARRABIO APRESENTA:

grandes autores, leitores à altura

 

Em quatro encontros, grandes autores brasileiros terão seus perfis apresentados por leitores especialíssimos, com sua apresentação crítica, acompanhada de informações biográficas e da leitura comentada de trechos de suas obras. O Alpharrabio oferece ao público a oportunidade de encontrar com a arte desses escritores iluminada pela atenção de críticos que não se cansam de percorrer as páginas com que eles conquistaram a central importância que têm em nossa literatura

 

 

Murilo Mendes: mundo-enigma, poesia-liberdade

por Eduardo Sterzi

 

Murilo Mendes (1901-1975) é autor, entre outros, de História do Brasil (1932), Tempo e Eternidade ( com Jorge de Lima, 1935), Poesia liberdade (1947), Convergência (1970) e Poliedro (1972).

 

O poeta Eduardo Sterzi, nascido em Porto Alegre (RS) em 1973, é autor do livro Prosa (2000); tem-se destacado também por sua produção em crítica literária, com ensaios importantes sobre poetas como Carlos Drummond de Andrade e Augusto de Campos. É ainda co-editor da revista Cacto . Atualmente, conclui doutorado sobre a obra de Dante Alighieri na Universidade de Campinas (UNICAMP). Sua dissertação de mestrado, “ Figuras do sublime: a retórica da catástrofe em Murilo Mendes” (PUC/RS), recebeu o prêmio da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Letras e Lingüística (ANPOLL).  

Programação completa - alpharrabioapresenta.pdf

Volta ao topo

outubro - (quarta-feira) 

das 15 às 17h30

CINECLUBE

 CINECLUBE

5, 19 e 26 de outubro

 

Atividade do Cineclube Alpharrabio – Cinéfilos, coordenados pelo prof. Edmundo Epifanio, conversam sobre os mais variados aspectos do cinema. O grupo está em formação e aceita participação de interessados.

 

 

quarta-feira , 5 de outubro de 2005

Tema –  Aposentadoria

Filme - As Confissões de Schmidt

 

quarta-feira , 19 de outubro de 2005

Tema Paul Auster

Filmes Cortina de Fumaça

     Sem Fôlego

 

quarta-feira , 26 de outubro de 2005

Tema –  Cinema Dogma

FilmeFesta de Famíli a  

Volta ao topo

01 de outubro - sábado - 19h30

(1, 8, 15 e 22 de outubro - 19h30)

 

 

Amores Dissecados

 

O que é:

SINOPSE
Seis atores desfiam as virtudes e defeitos de se viver um amor, seja qual for, na tentativa de dissecar os amores que podem desfilar em uma vida ou em muitas outras mais.

Mortes, separações, brigas, solidões, absurdos, inimagináveis, rejeições, medos, aflições, felicidades, florescimentos, alegrias, sorrisos ...

Componentes do amor que cadencia o movimento etéreo e insondável da vida.


PROCESSO


"Amores Dissecados foi muito discutido. O Teatro Insano enveredou para o chamado processo colaborativo, em que o grupo se empenhou ao máximo no jogo teatral, para dele extrair uma idéia, um conceito. O tema proposto foi: AMOR.

Os atores traziam ao ensaio cenas diversas, enquanto suas opções eram questionadas e regurgitadas; o diretor adquiriu papéis cruciais, sendo o organizador, direcionador e condutor do fluxo criativo.

Toda o material produzido foi revisado, jogou-se fora uma série de idéias e novas cenas apareceram. Mais um papel para o diretor : alinhavar, acimentar, fazer dos pedaços o um . O tema atingiu seu objetivo. Hora de encenar.


DURAÇÃO
60 minutos


FICHA TÉCNICA

Título : " Amores Dissecados"

Realização : Teatro Insano

Autor : Teatro Insano

Gênero : Drama

Elenco : Alberto Cataldi, Bianca Andrejauskas, Fábio Massa , Fernanda Tsuji, Kéroly Gritti, Valmir Junior

Produção, cenografia , figurino , visagismo e 

sonoplastia : Teatro Insano

Iluminação : Marcos Lemes

Programação visual : Alberto Cataldi

Projeto : Fábio Massa e Valmir Junior

Arte gráfica : Fábio Massa e Alberto Cataldi

Assistência de direção : Valmir Junior

Direção : Marcos Lemes


DATAS : 1, 8, 15 e 22 de outubro , às 7h30

Local : Livraria Alpharrabio.

Endereço : Rua Eduardo Monteiro, 151 - Santo André. Tel.: 4438-4358.


INGRESSO : R$ 5,00 ( preço único )

MAIS NO SITE : www.teatroinsano.tk  

 

 Volta ao topo

01 de outubro- sábado - 9h

(oficina de cinema)

(idealização cine imperfeito)

De 3 de setembro a 26 de novembro de 2005. Aos sábados das 9h00 às 12h00 horas.

 

 http://www.cineimperfeito.com.br/oficina.asp

 

 

Oficina de Cinema Clássico

 

O que é:

O objetivo da oficina é a realização de um curta-metragem em vídeo digital de autoria dos alunos.
O curso está dividido em três módulos: no primeiro módulo serão dadas noções de linguagem cinematográfica, desde a invenção da imagem em movimento, passando pela criação de uma gramática consolidada do cinema, até as principais inovações estéticas dos 60; no segundo módulo serão abordadas questões ligadas à concepção do roteiro, desde a idéia, passando pela construção dos personagens, até o roteiro final; no terceiro e último módulo será realizado um curta-metragem em vídeo digital com duração aproximada de dez minutos, os alunos terão uma noção clara do papel de cada profissional envolvido na produção de um filme, assim como suas principais etapas: pré-produção, filmagem e edição.
 

 

Programa Resumido

1.Introdução à linguagem cinematográfica : características fundamentais da imagem fílmica, o papel criador da câmera, os movimentos de câmera.

2. Montagem cinematográfica : ligações e transições, as elipses, a profundidade de campo, o ritmo, o espaço e o tempo.

3. Roteiro Cinematográfico: a idéia, o conflito, a personagem, os diálogos, a ação dramática.

4. Cinema versus televisão: aproximações e principais diferenças.

5. Primeiro exercício prático.

6. Som : os efeitos sonoros, a impressão de realidade, a continuidade sonora, a música, o silêncio.

7. Direção de atores: os gestos, os olhares, os silêncios e a relação do ator com o espaço.

8. Exercício final: um curta-metragem em vídeo digital de aproximadamente dez minutos de duração.

 

Bibliografia

  • Bazin, André. O Cinema da Crueldade. Ed. Martins Fontes, 1989.

  • Bernadet, Jean-Claude. O Autor no Cinema. Ed. Brasiliense, 1995.

  • Martin, Marcel. A Linguagem Cinematográfica. Ed. Brasiliense, 1990.

  • Xavier, Ismail. O Discurso Cinematográfico. Paz e Terra, 1984.

  • Tarkovski, Andrei. Esculpir o Tempo. Martins Fontes, 1990.

  • Deleuze, Gilles. Imagem-Tempo. Brasiliense, 2005.

  • Carriére, Jean-Claude. Prática do Roteiro Cinematográfica. JSN, 1996.

  • Comparato, Doc. Da Criação ao Roteiro. Editora Rocco, 1995.

 

Público Alvo
Qualquer pessoa que tiver interesse por cinema. A vagas são limitadas.

 

Duração
De 3 de setembro a 26 de novembro de 2005. Aos sábados das 9h00 às 12h00 horas.

 

Local
Livraria e Editora Alpharrábio. Rua Eduardo Monteiro, 151, Jd. Bela Vista - Santo André

Contato: scrições pelo e-mail oficina_cinema@yahoo.com.br

 

 Volta ao topo

 

O Alpharrabio (a livraria e o café)
 funciona no seguinte horário:

segunda/sexta, das 13 às 19h

sábado, das 9h30 às 13h

 

ATENÇÃO

Nosso endereço:
 Rua Eduardo Monteiro, 151 - Jd. Bela Vista
Santo André - SP - Brasil

Fone: (11) 4438.4358 - e-mail: alpharrabio@alpharrabio.com.br

www.alpharrabio.com.br

 

Visite a Livraria e o Café Alpharrabio

Índice | Livraria | Editora | Centro Cultural | Abecês | Mapa do Site | Envie o seu comentário